Recicle suas idéias…

2 05 2010

Hoje inauguramos a seção ambiental do Blog, sim mulheres antenadas também são ambientalmente corretas. Iremos trazer muita informação e dicas para nós que estamos preocupadas com o futuro do planeta. Pode parecer que “virou moda” ser GREEN FRIENDLY (amigos do verde, ou algo parecido), aquecimento global pra cá, ecobag pra lá e por aí vai….Na verdade os termos novos e a atenção da mídia realmente se tornaram maiores atualmente, mas a realidade não é essa. A preocupação com o Meio Ambiente “oficialmente” começou em 16 de junho de 1972 em Estocolmo (Suécia) com a Primeira Conferência Mundial sobre o Homem e o Meio Ambiente, essa foi a primeira atitude mundial para tentar organizar as ações do Homem no planeta. Bom, tem muita história por aí, então não vou me aprofundar muito nesse quesito agora, mas nos outros posts vou sempre falar um pouquinho de história.

produtos orgânicos

Adote ás shoppings bags!

Antes de começar com qualquer dica quero acabar com aquela famosa desculpa: “Isso é trabalho de formiguinha, se só eu fizer a minha parte não vai adiantar em nada, a culpa é do governo, e etc etc…” . Nesse Blog , na verdade no mundo, não há espaço para uma mentalidade dessa. O Meio Ambiente é um bem comum, e para preservá-lo ações devem ser tomadas individualmente. Esse foi meu momento desabafo… !!! Pronto falei!

A pedido da Cris nesse primeiro post vou falar do lixo doméstico.

Bom pra começar a ser “green” você só precisa de dois tipos de lixo em casa, o de Resíduos Orgânicos e o de Resíduos Recicláveis, não há necessidade de fazer qualquer outra forma de separação. Você pode perfeitamente jogar papel, plástico, metal e vidro tudo no mesmo recipiente, lembrando que o vidro é sempre bom embrulhar em um jornal para evitar acidentes com os nossos lixeiros e com os separadores de lixo. Até aí fácil, né gente?

Uma dúvida bastante frequente é qual tipo de papel ou plástico é mesmo reciclável. Então lá vai….

PAPEL: praticamente todos, papel sulfite, cartolinas, livros e revistas, qualquer embalagem inclusive a caixa de pizza, jornais, copinhos, pratinhos e etc.

Papeis adevisos, etiquetas, e o papel no qual os adesivos vem colados não são recicláveis, pois contem silicone e cola o que impossibilita a reciclagem.

PLÁSTICO: qualquer tipo, inclusive as embalagens de produtos de limpeza e de higiene. Se você é daquelas que sempre faz uma festinha em casa, os copinhos, pratinhos e talheres de plástico,  também são recicláveis.

METAIS e VIDROS: esses acho que não há muitas dúvidas, pois não há diversos tipos, e todos são recicláveis.

ISOPOR: boa notícia,  ele é 100% reciclável

O único cuidade que devemos ter é que todas as embalagens e materiais devem estar limpos e secos. Sendo assim, os que estiverem sujos com comida e produtos devem ser limpos,mas apenas tirar o excesso é suficiente – não há necessidade de esfregar – e depois é só esperar secar (é rapidinho, vivemos num país tropical mulherada!!) . É muito importante que isso seja feito, pois ajuda a melhorar o ambiente de trabalho das pessoas que separam os resíduos, facilita no processo de reciclagem, e previne a produção de mau cheiro, fungos e etc.

Reciclagem

Recicle seu lixo e faça do planeta um lugar melhor para todos...

Sei que pode parecer um pouco difícil e trabalhoso se preocupar com essas questões. Então, vai uma dica: pense que separar o lixo é como ir á academia, no começo é chato e dá muito trabalho, mas com o tempo isso se torna um hábito e no fim não conseguimos mais ficar sem. Façamos um acordo, façam a separação por 3 meses e verão como é fácil, pois esse é o tempo necessário para nosso corpo e mente se acostumarem com um novo hábito. Fico esperando os resultados hein!?

Esperamos todas no próximo post com mais informações e dicas. E por favor, mandem suas dúvidas que iremos respondê-las ok?

Para informações se há coleta seletiva no seu bairro entre em contato com:

Reciclamp
Telefone: (19) 3234-2336

Rua Barão de Jaguara, 295 – Centro- Campinas

Sites:

www.greenfriendly.com

http://www.compam.com.br/

Post: Stela Ribeiro

Anúncios

Ações

Information

11 responses

2 05 2010
adriana

Realmente o começo e chato mas depois a gente acostuma,foi assim comigo,junto tudo que é reciclavel e na segundas feiras passa o caminhao de lixo reciclavel na minha rua sempre depois do almoço. Vamos fazer nossa parte né………………. Parabens a minha filha……………………. bjos

3 05 2010
Ângela

Oi Stela …

Que surpresa bacana !!!!
Adorei seu texto. E principalmente a iniciativa de falar sobre meio ambiente.
Acho que nos dias atuais, esse é o tema! Temos que tomar consciência que o planeta já não suporta as maluquices, a falta de informação e, porque não dizer, a “preguiça” dos nove bilhões de moradores que somos. Aqui em casa, reciclamos o lixo. E é isso mesmo que você falou. A gente acostuma e depois não consegue mais parar. Vira uma “culpa enorme” jogar uma caixa de leite no lixo comum. E logo que comecei a guardar o que podia ser reciclado, fiquei impressionada com a quantidade de lixo que prozimos num único dia! Então querida … mande bala. Vamos todas lutar por um planeta mais limpo. Estarei sempre de olho no blog e na sua coluna.
Beijos e Sucesso.
Ângela

4 05 2010
Stela

Olá Ângela,

Obrigada pelo comentário. É a idéia da coleta seletiva também é de pararmos pra pensar na quantidade de lixo que geramos no dia. E já tendo a consciência da reciclagem, passamos a pensar em reaproveitar embalagens em casa, e até mesmo comprar novos produtos com embalagens menores ou com menos embalagem. Eu sempre to com uma bolsa grande, então quando vou no shopping ou farmácia, fazer compras pequenas coloco tudo na bolsa mesmo, sem saquinho, e em algumas situações deixo toda a embalagem no local.No exterior é comum as pessoas deixarem toda e qualquer tipo de embalagem nas lojas, pois se paga muito caro por quantidade de lixo gerado. E assim estimulam a não levar lixo para casa!!!!
Sem esquecer das Shopping Bags e Ecobags para nos ajudar também certo?!

Beijos!

3 05 2010
eliana trinck

Parabéns, Stela! Amei sua matéria, super focada e gostosa de se ler.
Aqui em casa cultivamos esse hábito há uns bons anos e vamos continuar para o bem do nosso planeta. Grande bjo.

3 05 2010
Mário Rubens

Tenho muita vontade de disparar muitas ações voltadas ao meio ambiente, mas a maioria das ações esbarra justamente no poder público que não colabora com a facilitação no recebimento dos itens separados.
Na empresa em que trabalho tem uma pilha de monitores, CPU’s, lâmpadas florescentes, etc., que não consigo um destino correto! Será que é apenas pelo fato de morarmos no Mato Grosso do Sul?
A pergunta é, como obter ajuda para trazer as coletas para cidades mais distantes das grandes capitais?
Aproveito para parabenizar pelo blog. Muito legal. Sucesso.

4 05 2010
Stela

Olá Mario,

Realmente eu não sei como funciona a questão da Coleta Seletiva no Mato Grosso do Sul, mas acredito que exista sim uma solução.
Irei pesquisar sobre os assuntos que me perguntou e te respondo o mais breve ok?

Obrigada pelo comentário!!!

3 05 2010
hilda

achei muito bom saber que o isopor é reciclavel,aqui no meu predio nós já vasemos a separação Parabens ,muito bem escrito

3 05 2010
Lúcia

Oi Stela
Que satisfação ao receber o seu email e ter acesso aos seus escritos. Até hoje conservo comigo a sua reflexão, do semestre anterior, sobre a Conferência em Copenhague de 2009.
Seu texto está ótimo: provocativo, claro e explicativo.
Aqui em casa, fazemos o tipo de reciclagem que você sugere, ou seja, aquele mais básico: lixo orgânico de um lado [pequena lixeira de pia], lixo reciclável do outro [lata de lixo na área]. Moro em edifício que tem em cada andar os latões de lixo para a coleta. Depois eles são colocados na calçada e o caminhão passa para pegar. Tudo é simples e funcional e, veja, nos sentimos muito bem tendo esta atitude.
Receba os meus parabéns, sucesso e um forte abraço.
Lúcia

5 05 2010
Claudia

Primeiramente parabéns pela coluna, objetiva e direta. Adorei amiga !!
Além da boa noticia do isopor, não podemos esquecer do óleo de cozinha, que muitas vezes são despejados no ralo da pia sem saber o dano que estão causando ao meio ambiente. Hoje em dia, já existem cooperativas e vários pontos estratégicos de coleta, como supermercados, bancos, escolas, etc. Assim fica fácil cada um fazer a sua parte, reservando o óleo em um recipiente (por exemplo: garrafa pet) e assim que for ao supermercado só depositar no local correto!! Prático, fácil e o meio ambiente agradece !!
Beijos e sucesso !!

5 05 2010
Stela

Oiii Amiga,

É não esqueci do óleo não, como tem muita coisa a ser dita sobre, vai ter um post só sobre o óleo, que é semana que vem!!!

Obrigada pelo comentario!

bjooo

12 05 2010
cynthia cianciarulo

Super texto, e o mais super ainda é vc ter convencido sua mãe kkkkkkkk
Estou orgulhosa de vc, de vcs (a Dri ta cada vez melhor)
Bjs para as 2 queridas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: