Qualidade de vida!

23 05 2010

STRESS ou QUALIDADE DE VIDA

O equilíbrio físico e emocional, que nos garante saúde, bem estar e felicidade, é o nosso maior patrimônio.

Em tempos de consumo exagerado, excesso de trabalho e das inúmeras solicitações da vida atual, o ser humano afastou-se do seu eixo. Não consegue mais se apropriar da própria vida e, na medida em que se vê sem forças, torna um alvo fácil do stress.

É necessário reabilitar nossos valores e nosso próprio ser.

Precisamos recuperar a consciência do nosso corpo e dos nossos sentimentos. Temos que repaginar princípios e atitudes mentais incorporando essas mudanças na rotina de nossa vida.

 O que fazer?

alongamento

  • Comece o dia alongando, mesmo que seja apenas uma bela espreguiçada na cama. Prepare seu corpo para o movimento. É muito importante trabalhar a sua elasticidade e flexibilidade física e mental. Perceber que fazemos parte de um universo que pulsa, expande e recolhe, que é rígido e maleável, claro e escuro, pleno e vazio, nos dá total segurança para confiar em nossa percepção e auto reconhecimento.

 respirar para viver

  • Respire suave e tranquilamente. Deixe o ar entrar e sair pelas narinas, imaginando que seu corpo todo pode ser invadido pela respiração. Pense que enquanto o ar entra e sai, você estará ventilando e limpando seu organismo, levando a consciência a todas as partes do corpo. Observe que precisamos dessas trocas, o entrar e sair, o pleno e vazio.

alimentação saudavel

  • Alimente-se bem. Selecione o que você vai ingerir. Aprecie o alimento e coma devagar. Evite os excessos.

 

  • Se você trabalha sentado, procure levantar a cada duas horas. Ande, espreguice, faça pequenos alongamentos. Feche os olhos e perceba sua respiração. Observe seu corpo no espaço (por exemplo sinta se seus ombros estão tensos, a respiração curta, os dentes apertados). Esteja sempre atento em manter a coluna ereta e o corpo bem apoiado.

 

  • Procure criar uma rotina de horários em sua vida para dormir, acordar, alimentar, exercitar e divertir.

 alongar no trabalho

  • Aprenda a partilhar situações, tanto de trabalho como pessoais. As tensões emocionais se acumulam no corpo trazendo dores e, muitas vezes, imobilidade física e mental. Através da respiração correta, movimentação consciente e uma projeção mental positiva, podemos equilibrar e ativar a grande força que existe dentro de cada um de nós.

 posição para dormir

  • Procure dormir bem. Deite de lado utilizando um travesseiro ajustado ao espaço entre seu ombro e pescoço. Coloque outro entre as pernas, que devem estar flexionadas. Quando deitar de barriga para cima, apóie bem a curva da cervical com o travesseiro. Coloque outro embaixo dos joelhos. A idéia é manter sempre o corpo bem apoiado para aliviar as tensões, manter a coluna relaxada e respirar livremente.

 

  • Invista em você. Tenha um hobby que alivie suas tensões e lhe traga prazer. Cante, dance, pinte, pedale, corra, nade, leia, caminhe….

 

  • Tire férias. Aproveite para descansar, conhecer ou rever lugares bonitos, pessoas queridas e reestruturar projetos. Obedeça ao ciclo da natureza.

 

  • Adote uma atividade física. É sabido que a endorfina e a serotonina são liberados pelos neurônios em resposta a estímulos físicos, provocando relaxamento, sensação de prazer, euforia e bem estar. Além disso, a endorfina está associada ao aumento da imunidade. Retarda o envelhecimento, aumenta a resistência e a disposição física e mental. A serotonina participa no controle do humor, tem efeito analgésico, controla a pressão sanguinea, respiração e a fome.

 

Sempre lembrar que o nosso eixo, a boa postura, depende do nosso equilíbrio físico e mental.

 Thays  Baena

Fisioterapeuta

Anúncios




Limites.

22 05 2010

                          

                                           “Que o teu sim seja sim e o teu não, não”

                                                         Do Talmud

 Como mãe e psicoterapeuta me deparo muitas vezes com situações onde os limites são necessários, mas nem sempre é fácil saber até onde ir e quando, o “não” fica às vezes engasgado e muitas vezes não sai mesmo!

Parece tão difícil valer o sentido de uma palavra tão simples e pequena.

Porque nos esbarramos em tantas dificuldades para expressá-la?  Principalmente se é para os filhos?

O “não” é visto como impossibilidade, mas na realidade ele é fundamental para o equilíbrio emocional e a saúde mental em longo prazo.

educar tambem é dizer não

O “não” é um elemento importante na formação do “eu”.

Por isso é importante que nós pais exerçamos nossa paternidade, auxiliando nossos filhos a aceitar o “não” e a dizer não, pois ele não é negação, mas afirmação do nosso ponto de vista. E bem sabemos como é difícil fazer valer nossa opinião de maneira equilibrada.

feto, gestação

Desde a gestação, a relação entre pais e filhos se estabelece pela restrição, pelo limite do útero e da placenta, mas esses limites não impedem. Ao contrário possibilitam as trocas necessárias para a vida.

Colocar limites nos desejos e instintos é educar.

Desde o nascimento é preciso que o bebê sinta a necessidade, ter fome é um estímulo, que ele precisa perceber antes de ser saciado. Se nós pais satisfizermos todos os desejos de nossos filhos, superprotegendo-os, criaremos a expectativa de que sempre serão satisfeitos e irão pela vida esperando que suas vontades prevaleçam.

E sabemos que a realidade é outra. Então por que criarmos filhos que não estarão preparados para a vida? Pessoas emocionalmente empobrecidas e com poucos recursos para enfrentar problemas? Muitos de nós não suportamos frustrações, assim não agüentamos frustrar os filhos.

A criança que não aprende a ouvir um não e aceitá-lo, ao se deparar com obstáculos poderá sofrer abalos em sua auto-estima, pois não possuem repertório para lidar com essas situações.

Levantar quem pode se levantar sozinho é restringir sua auto-estima, é tirar a possibilidade da realização, é invadir o espaço do outro.

relacionamento mãe e filha

È importante que nós pais consigamos reconhecer as necessidades e desejos de nossos filhos e saber que a não realização dos mesmos é decorrência da vida, a maturidade emocional permite perceber que frustração nem sempre é sinônimo de infelicidade e que a satisfação dos desejos nem sempre é garantia de felicidade.

Sendo assim o nosso papel como pais é dar continuidade ao que a natureza iniciou, estabelecer limites, com bom senso e amor, contribuindo para a melhora do repertório emocional dos nossos filhos, favorecendo que possam enfrentar dificuldades como pessoas verdadeiramente felizes e socialmente comprometidas.

criança amada e feliz

Portanto vamos exercer nossa paternidade, vamos dizer “não!” quando necessário e sim sempre que possível.

Marisa Appolinario

Psicóloga Clínica e Analista Reichiana





Entre amigas!

2 03 2010

 

  Chá de bebê do João!

 Foi num sábado à tarde, e acredite, não estava chovendo, coisa difícil atualmente, que a Lalita, uma amiga muitooo querida, filha de outra amiga queridíssima, fez o chá de bebê do João.

Bolo Chá de bebê

João! Seja Bem-Vindo!

Tudo estava lindo, ela estava radiante, maravilhosa, mostrando orgulhosa uma enorme barriga e aquele sorriso constante nos lábios e nos olhos. As mãos sempre acariciando a barriga, ou melhor, o filhote, a cria protegida, denunciava a ansiosa alegria de quem está para conhecer a carinha do ser mais amado.

enfeites para chá de bebê

detalhes charmosos que fazem a diferença

mesa decorada

Doces e cores suaves na mesa do João

Conheço bem essa sensação, passei por ela 3 vezes e todas foram magicamente únicas e inesquecíveis. Até hoje quando fico alguns dias sem ver um de meus filhos, quando o reencontro, abro aquele mesmo sorriso, acho que isso é coisa que só mãe entende.

O chá do João foi uma festa de amigas, festa da tribo feminina. A graçinha da Stela, filha amada de uma grande amiga, fazia caipirinhas e drinks.Minha linda filha, Marina, tirava fotos e se encantava com a beleza da Lalita.

E a #FláviaGatti, outra querida desta tribo, encantou a todos com suas lembrançinhas e enfeites de mesa. Ela que tem duas filhotas pequenas, lindas como ela, se uniu com outra companheira de tribo a #CamilaCaraffa e juntas montaram uma empresa que faz lembranças para diversas ocasiões, como; Chá de bebê; Chá de Panela; lingerie, nascimento; aniversário e casamento. A Mimo e Mais – ateliê de recordações.

Chá de bebê

Lembrançinha do João

detalhe de mesa decorada

A Lalita adora pinguins...então, eles estavam lá!

“Gostamos de conversar com nossos clientes para criarmos juntos lembranças que sejam bonitas e úteis”, comenta Flávia e acrescenta, “Cada festa é unica,  a Lalita, por exemplo,  como boa mãe coruja fez questão de fazer algumas das lembranças, mas todo o resto ficou por nossa conta.”

 O pedido mínimo da empresa #MimoeMais-atelie de recordações, é de 15 peças, mas em datas especiais como Natal, Dia do Professor ou Páscoa elas fazem algumas lembranças que não tem quantidade mínima.

As duas  sempre gostaram de atividades manuais, e resolveram unir as experiências e mostrar do que são capazes e elas estão fazendo sucesso com esses encantadores mimos. Para conhecer melhor o trabalho da dupla entre neste link do site elo 7: http://www.mimoemais.elo7.com.br/. Tenha certeza que vale o clique!

Post: Cristina Morais





LBD X Investimentos de Renda Fixa

28 02 2010

 

         Poupança é como comprar um LBD (little black dress) de festa em uma loja de departamento, ou até e em uma fast fashion, é fácil, não precisa procurar muito já que elas estão em todos os shoppings e repletas de roupas acessíveis, assim como a poupança, tudo que você precisa fazer é ligar para o seu gerente. Além disso, o preço é ótimo, né?

Audrey Hepburn em pretinho básico

Legítimo Little black dress

Mas quando você o experimenta não veste tão bem em você como parecia no cabide, às vezes até ressalta aquela gordurinha que você vem lutando bravamente contra. E ainda por cima a sua amiga tem que te lembrar daquilo que no fundo você já sabia, “por esse preço, o que você esperava? É claro, que não iria servir como uma luva.” Mas foi tão prático para comprar, né? Sem vendedor para te atordoar, ótimo preço e parcelado e ainda por cima estava do lado daquela camiseta básica que você estava procurando. Com a poupança é a mesma coisa, é prático, tem baixas taxas, mas um rendimento que não vai te cair tão bem….

         Já o investimento em títulos públicos, pelo Tesouro Direto, é como comprar um LBD de festa daquela marca maravilhosa, na promoção, quando você nem tem uma festa para ir. Ele tem um tecido de qualidade e veste perfeitamente bem em você, com sorte até melhor, do que no cabide. Tudo bem que ficou faltando aquela sensação gostosa de quando você tem uma festa especial e encontra o vestido perfeito, mas, não importa, afinal você sabe que sempre que precisar ele estará lá no armário, guardado para, como dizem os americanos, “for a rainy day”. Assim são seus investimentos em títulos públicos, são seguros e tem um dos melhores rendimentos do segmento (muitas vezes até o melhor) e bem maior do que o da poupança. Eles não têm tanta emoção e glamour como outras formas de investimento, mas sempre estarão lá rendendo a cima da inflação e guardados para um “rainy Day”, assim como um legítimo little black dress.

Post: Julieta Morais

Julieta, é minha filha mais velha, é economista, trabalha na Ambev. É apaixonada por moda e por finanças, por isso escreveu este post  dando dicas de finanças, num estilo meio a lá Becky Bloom,mas,com um toque só dela…Adorei a idéia e já “encomendei” outro. Vamos aproveitar esse e aguardar a próxima dica!

Abraços, Cristina Morais





O Poder transformador…

2 02 2010

O que você está lendo hoje?

Eu adoro ler, na verdade eu adoro livros. Sou do tipo que fica extasiada em uma biblioteca ou livraria, passo horas entre os livros, adoro aquele cheiro de papel e tinta. Tenho muitos livros, acho lindo uma estante bem arrumada, aquelas que têm a escadinha, sabe?

Quando meus filhos eram pequenos, tínhamos uma espécie de pontuação, para cada tantas páginas lidas eles ganhavam um prêmio, que podia ser um chocolate ou outro livro. Aliás, um de nossos passeios favoritos era passar uma tarde de sábado em uma livraria, cada um escolhia o que queria, o que sempre acarretava em uma pilha enorme, pois éramos cinco pessoas apaixonadas por livros, mas valia à pena.

Lembro-me de dias de inverno, nós cinco acomodados na sala da lareira, mesmo morando em Campinas tínhamos uma lareira que foi acessa inúmeras vezes, cada um com seu livro, todos juntos, mas cada um em seu mundo. Isso sempre foi muito gostoso e continua sendo, hoje não temos mais a casa com lareira, não somos mais cinco, somos quatro, meus filhos são jovens adultos e mesmo assim continuamos a ler juntos.

Com as novas mídias e a tecnologia, que adoramos; algumas vezes, um está no laptop, dois estão lendo e um assiste com fone algo na TV, mesmo assim estamos juntos e uma das coisas que nos une é a paixão pela cultura, pelo conhecimento. Ainda vamos juntos às livrarias, damos e ganhamos livros de presente, comentamos as leituras e trocamos livros com amigos.

Sempre temos conosco algo para ler, um livro, um jornal ou uma revista; por isso, sala de espera de médico, filas em bancos ou outros lugares não nos incomodam tanto, afinal aproveitamos esse tempinho para nos entregarmos à nossa paixão; a leitura!

Acreditamos no poder transformador da cultura, na magia reveladora da palavra escrita, e no horizonte interminável do conhecimento.

Para encerrar, deixo uma citação de #Mario Quintana;

“O livro não muda o mundo, ele muda as pessoas e as pessoas mudam o mundo”.

  • coloquei quatro links de livrarias nas palavras; livraria e livro; como incentivo e motivação…

Cristina Morais





Dica de Madrinha 2

31 01 2010

Saber comprar é uma arte, saber aproveitar uma liquidação ou venda especial é a sofisticação desta arte. Venho a alguns anos desenvolvendo a habilidade de tirar o melhor proveito das promoções. E acredite, elas podem fazer milagres para um orçamento apertado e render como um fundo de investimentos quando o orçamento é mais folgado.

 A atenção a alguns detalhes é fundamental para se obter sucesso nessa empreitada:

Antes de se embrenhar em uma super promoção, dê uma olhada no armário, veja o que você está precisando ou o que você deseja e foque nisso, foco é fundamental. Mas, também, não precisa usar cabresto, tenha em mente a possibilidade de ousar e comprar algo inesperado, mas, cuidado, não compre pelo impulso de estar barato. Se agir sem pensar, você pode voltar para casa com um monte de peças inúteis. Cuidado com os delírios, lembre-se da Becky Bloom!! http://migre.me/ijgk -cena do filme Delirios de consumo da Becky Bloom. 

 Foque na estação que mais te interessa, você pode comprar no verão peças para usar no próximo outono/inverno e vice e versa, isso pode ser bem interessante, principalmente em um país tropical como o nosso.

E atenção ao preço final: meu filho, Lucas, costuma dizer que mulher em promoção compra pelo desconto e não pelo preço – pode continuar caro, mas ”é imperdível, está com 50% de desconto”. Cuidado com as armadilhas!

Tente comprar peças coordenadas com seu guarda-roupa, roupas e acessórios que se complementem, cores que combinem entre si. E não deixe de experimentar as peças antes de levar.

Bom, agora que você já está preparada, vou te dar uma dica, dica de madrinha. É uma dica tão boa, que você quase pode esquecer as informações anteriores, pois neste caso, ouso dizer, que tudo vale a pena.

Maria Garcia

A Ponta de Estoque da #Huis Clos e #Maria Garcia fará uma venda especial com descontos de até 90%. Desta vez elas resolveram transformar o que é bom em irresistível. Abriram o caminho para transformar em realidade nossos sonhos de consumo.

Huis Clos

Não vá dar uma de #gata borralheira e ficar vendo o baile acontecer pela janela. Entre nesta festa! Acredite; abóbora não vira carruagem, príncipes não salvam as princesas e fada madrinha serve para dar bons conselhos, elas não têm varinhas de condão.

Anote na agenda:

grife Huis Clos e Maria Garcia

Venda especial da Ponta de Estoque da #Huis Clos e #Maria Garcia:

Dias 04 a 12 de fevereiro;

Das 10h00 às 19h00 (inclusive final de semana)

Showroom: Rua do Bosque, 185 – Barra Funda – SP – SP (11) 33921600 ramal: 238

Formas de pagamento: dinheiro ou cheque

Acima de R$ 500,00 em 3x; acima de R$ 1.000,00 em 4x.

Boas compras!

Cristina Morais





Sem Erro

20 01 2010

Para estar na moda sem erro e cheia de charme neste verão, use e abuse das carteiras!

carteira de cetim preto

Carteita preta, must have!

Elas podem ser em couro, palha ou tecido. O importante é combinar com você, com seu estilo e com o programa que vai rolar… Mas, sem preocupações, pois uma das vantagens das carteiras é que elas dão o tom da roupa, elas podem transformar o básico do jeans e camiseta branca, que particularmente adoro, em um visual mais chique, mais passeio.

bolsa de verão

Esta carteira Dalila Mendonça, combina com qualquer look!

Da mesma maneira podem “desencaretar” um vestido meio sem graça, dando bossa e alegria ao visual. Experimente!! Coloque um vestidinho, pode ser aquele que você anda meio cansada, que quase mandou embora na última arrumação do armário, incremente com uma sandália bacana, ou melhor  ainda, com um tênis tipo #All Star, pode ser o próprio, jogue um lenço leve no pescoço e com doce ousadia use uma #carteira grande de palha. Pronto! Voltou a gostar do vestido e ganhou um novo visual! Agora, aproveite o look e vá conhecer aquele novo restaurante! Have Fun!

bolsa de bolinhas

Carteita de cetim com poás brancos, sempre atual

 Eu,particularmente adoro usar carteiras e as uso tanto de dia, quanto de noite, tanto no chique como no esporte. Relaxe e abuse delas, além de aliviar o peso dos ombros, você vai descobrir mil maneiras charmosas de segurá-las, mas, atenção, suas mãos vão ficar em evidência, então capriche na manicure! E curta seu verão!

Cristina Morais