Quase almas gêmeas…

9 02 2010

#Gloria Coelho e #Carol Mollianni, quase almas gêmeas…

Se você como eu é apaixonada por acessórios, precisa conhecer o trabalho da designer de jóias Carol Mollianni. Ela tem um trabalho primoroso, criativo e original. Carol trabalha com o titânio, material de coloração cinza escuro, pouquíssimo utilizado por ser extremamente duro e por isso difícil de ser trabalhado. Entre os poucos designers no mundo que se aventuram a utilizar este material, além da Carol, estão os designers de Tiffany. Deu pra imaginar a categoria da designer,né?

designer de joias Carol Molliani

Peças em titânio por Carol Mollianni

“São peças para ter para sempre, são indestrutíveis, é uma das magias do material”,afirma a designer #Carol Mollianni.

Carol arrasa em desenvoltura e criatividade tirando proveito das características únicas do titânio, que com a ajuda de um maçarico consegue inacreditáveis efeitos de cor. O maçarico nas mãos da designer se transforma em uma varinha de condão e ela vai tirando do resistente metal tons de dourados, azuis, roxos e rosas. Parece mágica!

E por essa excelência foi convidada pela empresária #Roberta Tolentino,verdadeira curadora de estilo e moda, a participar do Conceito Showrrom. E foi lá, que a inspirada estilista Gloria Coelho conheceu e se apaixonou pelo trabalho da Carol. Pronto, nasceu uma parceria de peso e criatividade; ”a Gloria colocou um dos meus anéis e disse “não tiro mais isso do dedo”, comenta a orgulhosa designer.

Para a coleção de inverno de #Gloria Coelho, que também participa do Conceito showroom, Carol desenvolveu seis peças; dois anéis, dois colares, um bracelete e um piercing de orelha – algumas têm letras do alfabeto hebraico gravadas. A estilista que teve em seu desfile de inverno o tema “almas gêmeas” deixou a designer livre para criar. Carol comenta, ”que só de vez em quando ela me dava alguma idéia”.

Carol Mollianni para Gloria Coelho

cores mágicas tiradas do fogo

O resultado é um Must Have de acessórios que logo, logo estarão compondo as irresistíveis vitrines das lojas de Gloria Coelho.

Post: Cristina Morais