FAKES ARE NEVER IN FASHION

9 04 2010

  

 Gosto muito, mas muito mesmo de acessórios. Acho que eles fazem toda a diferença na composição de um look !Gosto especialmente de colares, anéis, canetas e bolsas. Ahh!! As bolsas, eu adoro bolsas, sou louca por elas. Realmente acredito que elas dão o tom da elegância, elas falam muito sobre quem as usa. Tenho várias delas, de várias cores e formatos, a maioria são grandes, mas tenho algumas menores tipo coquetel e algumas carteiras para as ocasiões onde as bolsas grandes não são bem-vindas. 

Bolsa Birkin bag da Hermés

Birkin bag da Hermés, meu must have pessoal....

Tenho loucura para ter uma Birkin bag, ainda terei uma! Tive uma Louis Vuitton, uma mochila preta linda de um couro maravilhoso, comprei em Paris, há muitos anos atrás…coisas do meu passado… Tive uma Fendi bem bacana, mas, dei para alguém! E ainda mantenho minha Nina Ricci de festa. Não sei se hoje compraria novamente uma #louisvuitton…Com certeza compraria uma #Chanel, ou uma #Dior,e como já falei uma #Hermés, e definitivamente uma #Prada ou uma #MiuMiu que têm feito bolsas maravilhosas, modernas e de classe. 

bolsa amrela da Maria Bonita

Bolsa amarela da Maria Bonita,linda!

 Bom, mas enquanto não tenho uma dessas vou me encantando com as bolsas nacionais, acho que no Brasil temos bolsas lindas, adoro, por exemplo, as da Maria Bonita, da Alcaçuz, da Glorinha Paranaguá, acho que no momento  estas são as minhas favoritas! 

Curto o ritual de trocar de bolsa, tirar tudo de dentro, jogar o lixo fora, arrumar tudo de volta, e quando a bolsa é nova, melhor ainda. 

Fico imaginando a maravilhava de ter uma peça que foi feita à mão, que a mesma pessoa fez a bolsa inteira, cuidou de todo o processo. 

bolsa da hermes

Birkin bag na versão vermelha...

A escolha do couro que não deve ter nenhum defeito, a costura perfeita, o forro monogramado , a ferragem da melhor qualidade, tudo escolhido cuidadosamente. Todo o processo feito pela mesma pessoa que começa e termina a peça, meio que como um filho. Assim é feita a Birkin bag. Imagine você, que é necessário mais que um dia inteiro para ela ficar pronta. Uma bolsa a cada dia e meio!Quatro bolsas por semana! Uma bolsa para toda uma vida, sim, é verdade, essas bolsas podem passar de mãe para filha, viram peças vintages, contam uma história, guardam segredos. 

Realmente eu adoro bolsas! Bolsas bonitas, classudas, de categoria e principalmente bolsas originais, legitimas! Acima de tudo eu gosto do legítimo, do original! O prazer de ter uma dessas peças é único, tão único quanto elas! 

esposa da caneta Mont Blanc

Mont Blanc, canetas para sempre...

Além das bolsas também adoro canetas e se não posso comprar uma #MontBlanc especial, uma #Parker comemorativa ou uma #Cartier de madeira de lei, fico com as originais da bic e da Stabilo e as adoro!! São minhas companheiras de jornada, estão comigo nas entrevistas que faço, nos documentos que assino, nos cheques que preencho e nos textos que começo a escrever em mesas de restaurantes…Tudo abertamente, sem precisar esconder nada!Uma vez em Portugal, comprei uma Bic de corpo dourado, uma edição comemorativa, foi uma alegria!!! 

Então eu me pergunto o que se passa na cabeça de alguém que compra uma falsificação?? Nunca consegui entender! 

 Veja bem, nem estou falando aqui sobre o crime, sobre a ilegalidade, sobre o que significa compactuar com a pirataria. Acho impossível que quem compre uma falsificação não saiba o que esteja fazendo. Claro que sabe, sabe do crime organizado, do tráfico de drogas, das cargas roubadas, da mão de obra infantil, da lavagem de dinheiro. Sabe muito bem que esta fazendo parte deste cenário, que faz parte da quadrilha! Então nem falo desta questão moral ou legal! Ela me parece tão óbvia e tão evidente. Que é crime fabricar, vender e comprar falsificação todo mundo sabe. 

Então fica a pergunta: Por quê? Qual é a graça, qual é o barato da coisa? 

Bolsa de couro da Prada

Prada, bolsas modernas para sempre...

 Com certeza não é por amor ao belo, por respeito ao trabalho alheio, por honrar a tradição, ou por preferir qualidade. Não acho que tenha a ver com o desejo de ter aquela peça, pois ela é falsa, ela não é ela e você e todos sabem disso! Não se iluda! 

 É alguma outra motivação, um sentimento estranho que não consigo captar, não sou capaz de entender, talvez alguma coisa malandra, infantil e mentirosa. Uma coisa feia com certeza! É como viver uma relação de mentira, ter uma vida falsa, e se contentar com isso. Talvez tenha a ver com auto-estima, ou com baixa auto-estima, talvez essa pessoa ache que ela merece o falso, que é isso que sobrou pra ela! Talvez ela se ache uma falsificação! 

Ela poderia ter uma bolsa legítima, o mercado oferece uma gama enorme de bolsas bonitas, funcionais e de qualidade para todos os bolsos. Pode não ser uma bolsa para o resto da vida, ela pode não durar 10 anos, mas é uma original, uma peça genuína, uma peça que não precisa esconder a origem, que pode se mostrar sem medo e isso já faz dela uma peça especial e de você uma mulher de valores. Ou seja, esta bolsa agrega qualidades à sua dona! 

Bom, como eu sou original e genuína, tenho valores fortes e definidos, e gosto de prazeres reais e de emoções verdadeiras, assim são as coisas que me cercam, são todas originais, são todas filhas de origem conhecida, algumas mais simples que as outras, mas todas legítimas. No meu armário não tem filho bastardo! São todos filhos de pai e mãe, assumidos e registrados… 

 É por isso que este Blog apóia integralmente a campanha da revista Harper`s Bazaar- FAKES ARE NEVER IN FASHION. Vamos dar um fim à pirataria e à falsificação. Não compre nada sem saber a origem, cuidado com carga roubada. Seja original! Seja genuína! O Planeta agradece! 

Para saber mais desta campanha clique aqui! O atelie de novidades apoia esta idéia! 

campanha fake are never in fashion 

Post: Cristina Morais

Anúncios




Quase almas gêmeas…

9 02 2010

#Gloria Coelho e #Carol Mollianni, quase almas gêmeas…

Se você como eu é apaixonada por acessórios, precisa conhecer o trabalho da designer de jóias Carol Mollianni. Ela tem um trabalho primoroso, criativo e original. Carol trabalha com o titânio, material de coloração cinza escuro, pouquíssimo utilizado por ser extremamente duro e por isso difícil de ser trabalhado. Entre os poucos designers no mundo que se aventuram a utilizar este material, além da Carol, estão os designers de Tiffany. Deu pra imaginar a categoria da designer,né?

designer de joias Carol Molliani

Peças em titânio por Carol Mollianni

“São peças para ter para sempre, são indestrutíveis, é uma das magias do material”,afirma a designer #Carol Mollianni.

Carol arrasa em desenvoltura e criatividade tirando proveito das características únicas do titânio, que com a ajuda de um maçarico consegue inacreditáveis efeitos de cor. O maçarico nas mãos da designer se transforma em uma varinha de condão e ela vai tirando do resistente metal tons de dourados, azuis, roxos e rosas. Parece mágica!

E por essa excelência foi convidada pela empresária #Roberta Tolentino,verdadeira curadora de estilo e moda, a participar do Conceito Showrrom. E foi lá, que a inspirada estilista Gloria Coelho conheceu e se apaixonou pelo trabalho da Carol. Pronto, nasceu uma parceria de peso e criatividade; ”a Gloria colocou um dos meus anéis e disse “não tiro mais isso do dedo”, comenta a orgulhosa designer.

Para a coleção de inverno de #Gloria Coelho, que também participa do Conceito showroom, Carol desenvolveu seis peças; dois anéis, dois colares, um bracelete e um piercing de orelha – algumas têm letras do alfabeto hebraico gravadas. A estilista que teve em seu desfile de inverno o tema “almas gêmeas” deixou a designer livre para criar. Carol comenta, ”que só de vez em quando ela me dava alguma idéia”.

Carol Mollianni para Gloria Coelho

cores mágicas tiradas do fogo

O resultado é um Must Have de acessórios que logo, logo estarão compondo as irresistíveis vitrines das lojas de Gloria Coelho.

Post: Cristina Morais