LBD X Investimentos de Renda Fixa

28 02 2010

 

         Poupança é como comprar um LBD (little black dress) de festa em uma loja de departamento, ou até e em uma fast fashion, é fácil, não precisa procurar muito já que elas estão em todos os shoppings e repletas de roupas acessíveis, assim como a poupança, tudo que você precisa fazer é ligar para o seu gerente. Além disso, o preço é ótimo, né?

Audrey Hepburn em pretinho básico

Legítimo Little black dress

Mas quando você o experimenta não veste tão bem em você como parecia no cabide, às vezes até ressalta aquela gordurinha que você vem lutando bravamente contra. E ainda por cima a sua amiga tem que te lembrar daquilo que no fundo você já sabia, “por esse preço, o que você esperava? É claro, que não iria servir como uma luva.” Mas foi tão prático para comprar, né? Sem vendedor para te atordoar, ótimo preço e parcelado e ainda por cima estava do lado daquela camiseta básica que você estava procurando. Com a poupança é a mesma coisa, é prático, tem baixas taxas, mas um rendimento que não vai te cair tão bem….

         Já o investimento em títulos públicos, pelo Tesouro Direto, é como comprar um LBD de festa daquela marca maravilhosa, na promoção, quando você nem tem uma festa para ir. Ele tem um tecido de qualidade e veste perfeitamente bem em você, com sorte até melhor, do que no cabide. Tudo bem que ficou faltando aquela sensação gostosa de quando você tem uma festa especial e encontra o vestido perfeito, mas, não importa, afinal você sabe que sempre que precisar ele estará lá no armário, guardado para, como dizem os americanos, “for a rainy day”. Assim são seus investimentos em títulos públicos, são seguros e tem um dos melhores rendimentos do segmento (muitas vezes até o melhor) e bem maior do que o da poupança. Eles não têm tanta emoção e glamour como outras formas de investimento, mas sempre estarão lá rendendo a cima da inflação e guardados para um “rainy Day”, assim como um legítimo little black dress.

Post: Julieta Morais

Julieta, é minha filha mais velha, é economista, trabalha na Ambev. É apaixonada por moda e por finanças, por isso escreveu este post  dando dicas de finanças, num estilo meio a lá Becky Bloom,mas,com um toque só dela…Adorei a idéia e já “encomendei” outro. Vamos aproveitar esse e aguardar a próxima dica!

Abraços, Cristina Morais

Anúncios