O que é um bom investimento?

7 06 2010

Como estudei economia e escrevo aqui sobre finanças, as pessoas me fazem muitas perguntas sobre a área, e uma das perguntas mais freqüentes que recebo é: o que é um bom investimento?  Aprendi na minha primeira semana de faculdade a resposta que um bom economista deve dar a essa pergunta: depende!

sapato oxford

No topo da minha Wish List

A lógica é a mesma para os grandes investimentos fashions das revistas de moda; claro que aquele lindo sapato Oxford bicolor Louboutin seria um ótimo investimento para minha coleção de sapatos, mas infelizmente um pouco (ou muito) fora do meu orçamento, assim como várias peças cheias de tachas podem ser um ótimo investimento para um visual super fashion nesse inverno, mas não para meu estilo pessoal…

Dessa mesma forma, ações de grandes empresas podem ser um ótimo investimento e sempre te renderem bons frutos no longo prazo, mas pode não ser tão bom assim se você estiver guardando aquele dinheiro para o curto prazo, como para pagar uma viagem ou o IPVA de seu carro, e nesse meio tempo a bolsa cair drasticamente,concorda?

Sendo assim, percebemos que meu professor estava certo e a melhor resposta é mesmo “depende”. Afinal a definição de um bom investimento depende do seu objetivo para aquele dinheiro, do tempo que ele poderá ficar investido, do seu perfil como investidor (ou seja, do risco que você esta disposto a tomar) e muitas vezes da sua idade. É essencial pensar em tudo isso antes de decidir o que é um bom investimento para você, afinal, assim como tudo na vida, o que é bom para um pode não ser tão bom para o outro.

Um bom investimento é sempre aquele que esta de acordo com seu orçamento e seu perfil. Uma maravilhosa birking bag é, sem dúvida, O investimento para qualquer guarda roupa, mas apenas se ela couber no seu orçamento. Se quando a fatura de seu cartão de crédito chegar e você perder o sono imaginando os juros que irão te cobrar se você pagar apenas o mínimo, ou em tudo que terá de deixar de fazer para pagar essa conta, é porque esse não foi um bom  investimento para você, não verdade foi um prejuízo, né? Da mesma forma que se você é dessas que perde o sono toda vez que escuta notícias sobre quedas na bolsa, pensando em quanto seu capital desvalorizou, é porque essa não é a melhor forma de investimento para você…

Birkin Bag

Minha escolha pessoal para uma Birkin Bag

É essencial termos em mente que não há problema algum você não poder comprar a última it bag, ou mais um par de sapatos, assim como é perfeitamente normal e aceitável se você não tiver o perfil de um grande investidor de ações. O importante mesmo é conseguir pagar a fatura de seu cartão de crédito todo mês, guardar pelo menos um pouco de dinheiro com freqüência, e investi-lo da melhor maneira possível de acordo com seu perfil de investidor, e seu conhecimento sobre finanças, não é porque você tem o perfil para investir em ações que deve fazer diversos Day-trades todos os dias (começou a ficar complicado, né?) na verdade se você não sabe fazer é aconselhável que não o faça.

Resumindo, em suas próximas compras (sejam elas fashion ou financeiras) procure apenas aquilo que lhe cai bem e não apenas as últimas tendências. Afinal, pensando bem acho que meu professor está parcialmente certo, pois tem uma coisa que todo bom investimento tem em comum, eles devem te deixar dormir tranqüila, e muitas vezes até mais feliz e realizada. E isso apenas irá acontecer se eles estiverem de acordo com seu orçamento e seu estilo pessoal.

Post: Ju Morais





Diversificação de investimento X guarda roupa

13 04 2010

Sabe aqueles editorias de moda que dão dicas sobre as peças indispensáveis que devemos ter em nossos guarda roupas, um vestido preto, uma camisa branca, uma bela calça jeans, uma boa calça de alfaiataria, um trench coat, algumas pachiminas, uma sapatilha preta, uma bota sem salto (ok,eu posso ter acrescentado algumas peças de meu gosto pessoal….), a essência dessas dicas é que precisamos de uma quantidade mínima peças com uma boa diversidade que irão nos acompanhar nas diversas ocasiões de nosso cotidiano, concordam? Afinal apenas personagens de desenhos animados e histórias em quadrinhos podem ter um armário apenas com vestido vermelho, né? Pois de que serve um guarda roupa repleto de statement shoes com saltos maravilhosos se você não tem nenhum tênis para ir á academia ou dar uma caminhada no calçadão?

Monica de Mauricio de Souza

só nos quadrinhos vale sempre o mesmo vestido!!

O mesmo conceito deve ser aplicado em sua carteira de investimento, a diversificação é fundamental! Quando montamos nosso portfólio de aplicações devemos pensar nas diversas situações que podemos enfrentar, no tempo que pretendemos deixar esse dinheiro investido, no objetivo pelo qual o estamos guardando, e no risco que estamos dispostos a tomar, e com isso montar nossa carteira de acordo com essa diversidade de cenários.

roupas brancas em um closed

Até o branco básico pode ser demais...

Tudo bem se você gosta de apenas meia dúzia de cores e vai basear seu guarda roupa nelas (eu particularmente gosto de apenas quatro ou cinco), assim como tudo bem você não querer arriscar e preferir deixar todo o seu dinheiro na renda fixa, o importante é diversificar. Da mesma forma como você não terá um armário apenas com vestidos pretos, você também não terá uma carteira de investimento apenas com títulos púbicos, Cdbs ou ações, pois é preciso ter investimentos com rendimentos diferentes, e principalmente liquidez diferente.

No tesouro direto, por exemplo, você apenas pode vender seus títulos as quarta feiras, enquanto com um Cdb, ou outra forma de investimento em renda fixa no banco, você consegue resgatar qualquer parcela de seu dinheiro a qualquer momento (dentro do horário bancário) em uma emergência. Já no caso dos investimentos em renda variável, a liquidez são muito parecidas e nem sempre imediatas, por isso a importância de ter também um investimento de renda fixa. Mas nessa forma de investimento, o mais importante é diversificar o risco, ou seja, investir em segmentos distintos e que sofram com diferentes movimentações de mercado, por exemplo, se for investir em ações não as compre sempre do mesmo segmento de mercado, afinal por mais que você tenha 10 vestidos pretos no armário eles não são todos do mesmo comprimento ou vão bem nas mesma ocasiões.

Trench coat Burberry

Um bom trench coat, item indispensável!

É muito importante não nos deixarmos levar, afinal por mais que você tenha amado aquela blusa você não vai comprar uma de cada cor, ou pelo menos não deveria…assim é também com um investimento, não é porque ele esta te dando bons rendimentos, e está adequado ao seu perfil de investidora que você irá colocar todos seus ovos dourados dentro dessa única cesta. Ou seja, não invista todo seu dinheiro em uma única ação, pois ela esta te proporcionando rendimentos excepcionais, porque se ela por alguma razão ela perder forçar e começar a cair, você irá quebrar todos os seus ovos de uma única vez.

básica camisa branca

Uma boa camisa branca é essencial

Sendo assim, o importante é irmos ás nossas próximas compras (sejam elas de ações ou de sapatos) com uma coisa na cabeça, a diversificação é fundamental para o sucesso tanto da nossa carteira de investimento, quanto de nosso guarda roupa, afinal estilo pessoal nada tem a ver com uniforme!

Post: Ju Morais





Calça jeans favorita X investimento em ações

25 03 2010

 

        Sabe aquela calça jeans maravilhosa que você tem que fica boa tanto com salto como com sapatilha, vai bem em diversas ocasiões, e veste maravilhosamente bem em você – quando você esta magra!? Mas é só você engordar um pouco que ela já não fica mais tão bem assim e ressalta aquela gordurinha que tanto te incomoda? Ai, você começa (pela milésima vez) uma dieta para voltar a servir em seu jeans favorito….

Olivia Palermo

Acredite...até a maravilhosa #oliviapalermo deve ter seus dias ruins. Você não está sozinha!

          Assim são também seus investimentos em ações, quanto eles vão bem, vão muito bem e te proporcionam um rendimento impressionante que, provavelmente, você não irá encontrar em nenhum outro investimento (em 2009, por exemplo, a Bovespa teve um surpreendente rendimento de pouco mais de 80%), te deixando animada e achando que é assim que você irá ficar rica. Mas assim como você tem semanas corridas que não sobra tempo para a academia, TPM que te faz comer mais chocolate, e aqueles quilinhos a mais voltam a aparecer e aquela calça deixa de vestir tão bem, a bolsa também tem seus momentos ruins (causados por crises mundiais, incertezas no mercado, mudanças na taxa de juros) e quando isso acontece aquela euforia é substituída por desespero e você passa a achar que todo seu dinheiro suado será perdido, e que você deve vender tudo e – como dizem os financistas – realizar o prejuízo.

           Mas calma….o importante é não se desesperar e desistir. Do mesmo jeito que você não irá se livrar daquela calça, pois sabe que ela irá, e precisa voltar a servir, no longo prazo as ações irão subir e te proporcionar bons rendimentos (o histórico dos índices indica isso).

          Mas, é claro que se essa calça for de quando você tinha 15 anos ou a bolsa estiver caindo devido a uma severa crise mundial – como a de 2008 – não há motivo para você se agarrar a nenhuma das duas, e nem deve!

          No entanto, se a calça for atual e a bolsa estiver sofrendo apenas um ajuste natural fique com as duas em seu portfólio, pois ambas ainda te proporcionaram muitas alegrias.

Informações relevantes:

O que é uma ação? Segundo a definição clássica, uma ação representa a menor parcela do capital social de uma empresa. Na prática, significa uma parte da empresa.

          Uma empresa que negocia suas ações na bolsa é chamada de empresa aberta. Como são negociados diariamente, esses papeis – as ações – têm variações de preço. Quando há uma enorme procura por ações, a tendência é de alta no preço, já quando ocorre o movimento inverso, ou seja, muitos investidores querem vender suas ações, o preço cai, de acordo com a lei da oferta e da procura. (informações do ótimo livro: Meninas normais vão ao shopping Meninas iradas vão á bolsa)

capa do livro meninas iradas vão a bolsa

ótima dica de leitura, linguagem descomplicada...

Como comprar/vender ações? Todas as transações de ações devem ser feitas através de uma corretora cadastrada na CVM (órgão público responsável por regularizar o mercado financeiro), depois de cadastrada você pode efetuar suas transações você mesma pela internet, através do Home Broker, ou em contato com um operador da corretora.

          Todos os bancos têm uma corretora, e você pode usar seu cadastro e o site de seu banco pata efetuar suas transações, no entanto é importante ficar atenta com as taxas cobradas por essas corretoras que costumam ser altas, e assim podem consumir boa parte de seus lucros. Uma boa opção, no quesito baixas taxas de corretagem, é a corretora BanifInvest, mas vale a pena entrar no site e comparar suas taxas com a de outras corretoras, antes de decidir qual irá usar.

Post: Ju Morais





Dica de Madrinha 2

31 01 2010

Saber comprar é uma arte, saber aproveitar uma liquidação ou venda especial é a sofisticação desta arte. Venho a alguns anos desenvolvendo a habilidade de tirar o melhor proveito das promoções. E acredite, elas podem fazer milagres para um orçamento apertado e render como um fundo de investimentos quando o orçamento é mais folgado.

 A atenção a alguns detalhes é fundamental para se obter sucesso nessa empreitada:

Antes de se embrenhar em uma super promoção, dê uma olhada no armário, veja o que você está precisando ou o que você deseja e foque nisso, foco é fundamental. Mas, também, não precisa usar cabresto, tenha em mente a possibilidade de ousar e comprar algo inesperado, mas, cuidado, não compre pelo impulso de estar barato. Se agir sem pensar, você pode voltar para casa com um monte de peças inúteis. Cuidado com os delírios, lembre-se da Becky Bloom!! http://migre.me/ijgk -cena do filme Delirios de consumo da Becky Bloom. 

 Foque na estação que mais te interessa, você pode comprar no verão peças para usar no próximo outono/inverno e vice e versa, isso pode ser bem interessante, principalmente em um país tropical como o nosso.

E atenção ao preço final: meu filho, Lucas, costuma dizer que mulher em promoção compra pelo desconto e não pelo preço – pode continuar caro, mas ”é imperdível, está com 50% de desconto”. Cuidado com as armadilhas!

Tente comprar peças coordenadas com seu guarda-roupa, roupas e acessórios que se complementem, cores que combinem entre si. E não deixe de experimentar as peças antes de levar.

Bom, agora que você já está preparada, vou te dar uma dica, dica de madrinha. É uma dica tão boa, que você quase pode esquecer as informações anteriores, pois neste caso, ouso dizer, que tudo vale a pena.

Maria Garcia

A Ponta de Estoque da #Huis Clos e #Maria Garcia fará uma venda especial com descontos de até 90%. Desta vez elas resolveram transformar o que é bom em irresistível. Abriram o caminho para transformar em realidade nossos sonhos de consumo.

Huis Clos

Não vá dar uma de #gata borralheira e ficar vendo o baile acontecer pela janela. Entre nesta festa! Acredite; abóbora não vira carruagem, príncipes não salvam as princesas e fada madrinha serve para dar bons conselhos, elas não têm varinhas de condão.

Anote na agenda:

grife Huis Clos e Maria Garcia

Venda especial da Ponta de Estoque da #Huis Clos e #Maria Garcia:

Dias 04 a 12 de fevereiro;

Das 10h00 às 19h00 (inclusive final de semana)

Showroom: Rua do Bosque, 185 – Barra Funda – SP – SP (11) 33921600 ramal: 238

Formas de pagamento: dinheiro ou cheque

Acima de R$ 500,00 em 3x; acima de R$ 1.000,00 em 4x.

Boas compras!

Cristina Morais