Simples e genial!

11 02 2010
Meninas!!
Acabei de ler o post da deusa #Costanza Pascolato no Blog da #H.Stern – #Adoro Jóias. Além de jóias e acessórios em geral, eu adoro a Costanza. E obviamente, a H.Stern que sempre tem algo que vira instantaneamente um sonho de consumo. O post tem uma dica deliciosa…
 
  Preciso compartilhar essa dica, seria indecente de minha parte não passar isso para frente.
joia H.Stern

Pulseira Carmem Miranda

 

Tudo começou com a parceria perfeita de #Alber Elbaz com a #Lanvin e ganhou o mundo. Isso acontece quando pessoas geniais se unem para pensar coisas simples, reais e digamos… possíveis, para nós os mortais. Essas idéias sempre ganham nossos corações.  

dica de Costanza Pascolato

Brincos_DVF_ se transformam em colares...

É o seguinte sabe aquele colar curto de argolas ou aquela pulseira de pingentes, aquelas peças lindas, que você já usou várias vezes e está até um pouco cansada delas? Vão ficar com cara nova, ou melhor, com cara de amanhã de tão modernas. Basta você pegar uma fita que pode ser de cetim, gorgorão, algodão, chamois, organza, ou o que você quiser; passar pelas extremidades, medir o comprimento que você quer seu novo colar e pronto. A peça ficou nova!  

pulseira H.Stern

Pulseira Rock Crystal DVF fotos: Blog Adoro jóias by H.SternPulseira Carmen Miranda...virou colar!

Vou detalhar melhor, na verdade, como sou artesã por nascimento, depois conto está história, vou dar um passo a passo:  

  1. Escolha a peça que você que customizar; pode ser um colar, uma pulseira, ou até brincos. A peça precisa ter extremidades que se possa prender a fita,
  2.  Escolha a fita que você quer usar,
  3. Dicas sobre as fitas: algodão, que pode ser até um cadarço, fica lindo com argolas de madeira e os nós podem ser grandes, rústicos; ao usar cetim não se esqueça de queimar as pontinhas da fita, elas desfiam; Gorgorão, dá nós firmes e as pontas podem ser cortadas com tesoura de picotar;Chamois, é bom costurar ou colar; organza, que eu adoro,dá laços perfeitos e muito delicados, fluidos, use em peças mais leves e femininas.
  4. Meça o comprimento que você quer o colar,
  5. Corte a fita com o dobro deste tamanho,
  6. Passe a fita pelas extremidades e una as duas pontas. Atenção; você pode unir as pontas com um nó atrás do pescoço; ou em uma das extremidades do fecho; ou nas duas extremidades do fecho, neste caso a fita não estará dupla.
  7. Para unir as extremidades você pode: dar um nó bem forte e deixar as pontas caídas; pode dar um nó seguido de um laço; pode costurar com ponto invisível as duas extremidades ou ainda colar com cola quente ou cola universal. Nenhumas dessas opções impedem a troca de fitas, é só desatar o nó ou cortar onde colou ou costurou.
  8. Caso a costura ou colagem fiquem um poucooo aparente, não se desespere,reze uma Ave Maria, sou muito devota de Maria, respire fundo e olhe em volta. Com certeza você terá uma florzinha, pode ser até aquelas que vêm em pacotes de presente, um botão bem bacana, um brochinho, um mimozinho pequenino de crochê ou algo do tipo, pegue isso e com cuidado e o mínimo de cola, cole em cima do fechamento, sacou? Gente, pra tudo a gente dá um jeito, só não pode surtar!!!!
  9. Ah! Se for usar brincos, una os dois pelo fecho, pode até usar uma pequena argola para isso, ou até mesmo um laçinho de fita e então faça o mesmo processo acima.

Reproduzo aqui duas dicas importantíssimas que Costanza dá no post do blog Adoro Jóias by H.stern  

1_Os itens da My Collection,aqui da H.Stern,são inspiradores para esse tipo de produção;  

2_Amarre direitinho para prender o mimo;caso contrário,seu exercício de criatividade vai transformar-se em treino forçado de desapego.  

Bom, meninas; espero ter ajudado! E de coração agradeço a dica da Costanza através do blog da divina H.Stern, que nos surpreende sempre, mesmo quando isso parece ser impossível!  

Post: Cristina Morais





tok

11 11 2009

Ontem assisti o primeiro episódio da nova série da #Universal#The Good Wilfepelo direito de recomeçar-, ADOREI, ganhei uma heroina , Alicia, uma mulher inspiradora.

 Após o episódio conversava com minha filha sobre a necessidade de seguir em frente, seja lá o que for que tenha acontecido, seja qual for a dor ou a perda, devemos seguir em frente…seguir sempre em frente!!!!

Bom, minha nova amiga, deu algumas dicas ou toques neste primeiro episódio e vou acrescentar mais alguns, afinal sou uma sobrevivente, sofri uma grande perda ou pior uma gigantesca decepção.

Logo após o acontecido parece impossível seguir em frente, a única coisa que nos parece possível é ficar na cama coberta até a cabeça, em alguns momentos saimos do casulo para “matar” um pote de sorvete ou um chocolate.

Lá vão os TOKS :

Saia da cama, todos os dias, mesmo nos primeiros, tome um banho e dê uma volta no jardim, olhe pela janela, veja o sol.

Se arrume diariamente, lave bem os cabelos e nunca deixe a raiz branca aparecer, nunca, jamais, preste atenção neste detalhe, ele faz toda a diferença. Faça uma maquiagem bem feita, a dica é que ela seja suave, mas, vale uma valorizada nos olhos, faça isso por você e se olhe no espelho e veja sua graça, sua beleza única.

Vá a academia. Eu sei, eu sei ,que tem dias que até pra colocar a roupa de ginástica doi, você  puxa a calça de lycra e ela parece que não desliza, ela desistiu dessa coisa de malhar, bom, ou seja forte o suficiente para enfrentar esta danada desta calça ou pegue aquela gostosa calça folgada de algodão, perfeita para as aulas de ioga e vá, o importante é ir!!!!! Se não conseguir malhar nos primeiros dias, tudo bem, converse com as pessoas, tome um suco, dê risada. O importante é sair de casa e criar o hábito de ir malhar.

Converse com as pessoas, mas, preste atenção, conversar não é desabafar. Não saia contando seus problemas para todas as pessoas que você encontrar, não fique o tempo todo falando do ocorrido, de como você se sente e que seu mundo desmoronou. Até por que seu mundo se abalou e não desmoronou!

Preste atenção, conversar sobre o assunto pode ajudar muito,mas, faça isso na intimidade, não na fila da padaria e tente com todas as suas forças falar sobre outras coisas, isso ajuda muito a você e a seus amigos que com certeza em alguns momentos prefeririam dividir um Doritos a continuar a ouvir a ladainha interminável. Eu sei,por que, tiveram momentos que nem eu me aguentava, é melhor dividir o Doritos ou mudar de assunto.

Chame uma amiga para tomar um café e use uma roupa que você gosta muito, uma roupa que te faça se sentir poderosa, vencedora. Você sabe exatamente de qual roupa estou falando, todas nós temos pelo menos uma roupa dessas no armário. Nós mulheres conhecemos o poder transformador que um look certo tem.  Lembra da Gata Borralheira e da Cinderela? A diferença é que hoje nós somos nossas próprias fadas madrinhas e o poder transformador está am nossas mãos.

Outra coisa que pode ajudar muito é comprar uma bolsa nova, mas, uma bolsa poderosa, que deixe você com ar de vencedora. Uma bela bolsa tem o mesmo efeito que uma joia. Acredite!

Passar uma tarde na sua livraria favorita e comprar alguns bons livro também pode ajudar, principalmente se você  for  como eu e adorar se acomodar em uma deliciosa poltrona e ler até os olhos cansarem…é uma delícia e o tempo passa de forma possitiva, construtiva.

Rezar sempre ajuda, eu rezo muito. Peça por serenidade e paciência e tente ficar calma, no mínimo isso vai evitar que você faça alguma bobagem ou pior, pague algum grande mico.

Se a dor vai passar? Não sei, mas, com certeza você vai primeiro se acostumar a ela e depois arrumar um lugar  onde ela incomode pouco, e um dia, ela vai se parecer mais com uma crise de gases que com o fim do mundo!

Não se esqueça que todos temos o direito de recomeçar, mas aqueles que sofreram a dor tem muito mais direito do que aqueles que a causaram. Acredite, isso não é apenas a minha opinião, isso é sagrado!